Já Li

Teste de titulo de Livro

author name


Entrar com facebook

Ou

Livreto

A história da mitologia para quem tem pressaThe Midas Touch: World mythology in bite-sized chunks

A história da mitologia para quem tem pressa
  • @

    Editar
    Deletar
    01/01/1970

    Ver mais
  • Livreto Oficial @livreto

    19/05/2016

    Pergunta: O que o Signo de Sagitário, o Ano do macaco, Gandalf, Thor, Percy Jackson, Pocahontas, Minotauro e Segunda-Feira tem em comum? A Mitologia.

    No livro “A História da mitologia para quem tem pressa” da parceira do Livreto, Editora Valentina, o autor Mark Daniels conta, de forma clara, objetiva, e bem ilustrada, a história das principais mitologias: Australiana e Maori; Suméria, Egípcia, Chinesa, Indígena, Sul-americana e centro-americana, Grega, Romana e Nórdica.

    Em apenas 200 páginas, o autor consegue contar com detalhes e ao mesmo tempo, rapidamente as histórias de grandes personagens da mitologia, e costumes locais de cada nação.

    Como a saga solitária dos adolescentes australianos, que saem em uma jornada pelo território para se conectarem com seus ancestrais, e ao voltarem, espera-se que já tenham se tornado adultos.

    O autor faz conexão entre as mitologias, como o caso da mitologia Maori, muito similar à Nórdica, com seus diversos deuses, cada um responsável por um aspecto importante da vida.

    Alem disso, é interessante perceber outras conexões, como a da mitologia Suméria tem uma história muito parecida com a de Noé (da Bíblia), A epopéia de Gilgamesh: um rei, Gilgamesh, recebe o aviso da deusa da sabedoria sobre a enchente, e ela o orienta a construir um barco para levar sua família e os animais para um lugar seguro.

    No capítulo sobre a mitologia egípcia, Mark relembra o Olho de Sauron em Senhor dos anéis, inspirado no olho de Horus, o deus do céu, da caça e da guerra, além de explicar a origem de diversos costumes egípcios, como a do embalsamento.

    Embora para nós, ocidentais, o dragão seja um animal assustador, na mitologia chinesa ele é símbolo de prosperidade, guardião do clima, das estações e da passagem do dia e da noite. E (eu, pelo menos, nunca tinha percebido isso) é uma criatura híbrida: patas de tigre, olhos de lebre, galhada de cervo, escamas de carpa e outros, e não um animal com suas próprias características. Ele é quase uma força da natureza encarnada.

    O vocabulário americano, assim como o nosso, é cheio de palavras que derivam do vocabulário indígena, como barbecue (churrasco), potato (batata) e hurricane (furacão). Interessante, não?

    E você sabia que fim do mundo dos maias causou um alvoroço em uma pequena cidade francesa que, supostamente, seria o único lugar livre do “armagedon”? E pensar que tudo não passava de um final de calendário, como o nosso, todo dia 31/12.

    Na mitologia Inca, novamente vemos semelhanças com a Bíblia. Um “Jesus” viria pela segunda vez à Terra, para redimir a raça humana ou nos impor uma segunda enchente (lembra de Noé e Gilgamesh? ;) )

    Quem não se lembra do cachorro de três cabeças de Harry Potter, Cerbero? Poisé, no capitulo sobre a mitologia grega, ele também aparece. Ele era o guardião do outro lado do rio Aqueronte, por onde os mortos tinham que navegar no submundo de Hades.E será que você sabe sobre os 12 trabalhos quase impossíveis que Hércules teve de cumprir para expiar o crime de matar seus dois filhos? O cumprimento desses trabalhos daria ao herói (ou vilão?) a imortalidade. Um dos meus capítulos favoritos, conta a história de todos os deuses olímpicos (Zeus, Posseidon, Afrodite, Eros, Atena, Apolo, etc), suas decendências, árvore genealógica, e tudo mais.

    Para a mitologia Romana, o autor separou tabelas bem interessantes, como a dos nomes correspondentes das deusas gregas para nós, latinos. Além da excelente descoberta da inspiração de Shakespeare para escrever Romeu e Julieta: Piramo e Tisne!

    Para finalizar, temos a Nórdica, com a história de Thor se juntando a Loki, um Trickster (ser arquetípico que mescla o animal, o humano, o diabólico e o divino) para desafiar os gigantes do qual era descendente; além de todas a árvore genealógica dos deuses nórdicos, a origem dos nomes dos dias da semana, teoria do fim do mundo e todas as coisas.

    Enfim, “A História da mitologia para quem tem pressa” é um guia de história e mitologia não somente para quem tem pressa em aprender, mas para ter sempre em mãos.

    Altamente recomendado para estudantes do ensino médio, com explicações didáticas e interessantes que te farão entrar de cabeça na história. Indicado para nerds, RPGistas, amantes de literatura fantástica, gente que como eu, tem pressa em saber de todas as coisas legais do mundo, referencias de todos os grandes escritores que nós amamos. Leitura indispensável.

    Ver mais
CARREGAR MAIS LIVROS
Google+